No ano de 2022 uma série de fatos históricos merecem ser lembrados pela relevância na história do Brasil e do mundo.

Os 23 principais eventos que fazem aniversário “redondo” neste ano são:

  • 450 anos do poema Os Lusíadas (1572)
  • 440 anos do Calendário Gregoriano (1582)
  • 200 anos da Independência do Brasil (1822)
  • 110 anos do naufrágio do Titanic (1912)
  • 100 anos da Semana de Arte Moderna (1922)
  • 90 anos da Revolução Constitucionalista (1932)
  • 80 anos de Stephen Hawking (1942)
  • 80 anos da instituição do Cruzeiro como moeda do Brasil (1942)
  • 70 anos da 1ª detonação da bomba de hidrogênio (1952)
  • 60 anos da Crise dos Mísseis (1962)
  • 50 anos do atentado nas Olimpíadas de Munique (1972)
  • 50 anos da Conferência de Estocolmo (1972)
  • 40 anos da Guerra das Malvinas (1982)
  • 30 anos da ECO-92 (1992)
  • 30 anos do Impeachment de Fernando Collor (1992)
  • 30 anos do Massacre do Carandiru (1992)
  • 20 anos do atual Código Civil brasileiro (2002)
  • 20 anos do euro como moeda oficial da União Europeia (2002)
  • 20 anos do Tribunal Penal Internacional (2002)
  • 20 anos do pentacampeonato brasileiro na Copa do Mundo FIFA (2002)
  • 20 anos do lançamento da cédula de 20 reais (2002)
  • 20 anos da 1ª eleição para presidente de Luiz Inácio Lula da Silva (2002)
  • 10 anos da RIO+20 (2012)

450 anos do poema Os Lusíadas

Em 12 de março de 1572 publicou-se a primeira edição de uma das mais conhecidas e importantes obras da literatura portuguesa escrita por Luís Vaz de Camões (1524-1580).

Trata-se do maior poema do gênero épico da língua portuguesa. Ele é dividido em 10 cantos e 1102 estrofes que narram a história de Portugal no século XVI durante as grandes navegações quando os navegadores portugueses sob o comando de Vasco da Gama partiram em direção às Índias.

440 anos do Calendário Gregoriano

Em 24 de fevereiro de 1582 o Papa Papa Gregório XIII (1502-1585) assinara a bula Inter Gravíssimas com uma série de correções ao calendário juliano e originando o nosso calendário atual, utilizado em praticamente todo o planeta, o calendário gregoriano.

Uma das mudanças mais significativas para redefinir o ano civil a partir das novas orientações é que os dias de 5 a 14 de outubro de 1582 oficialmente não existiram. Portanto, o dia após 4 de outubro de 1582 do calendário juliano passou a 15 de outubro de 1582 do calendário gregoriano.

Saiba mais sobre o Calendário Gregoriano.

200 anos da Independência do Brasil

Em 7 de setembro de 1822 ocorreu o marco na história do Brasil pelo “Grito de Independência” que declarava a autonomia em relação à coroa portuguesa pelo príncipe regente Dom Pedro de Alcântara às margens do rio Ipiranga.

Anteriormente, o Brasil havia sido colônia de Portugal (1530-1815) e integrante do Reino Unido a Portugal e Algarve (1815-1822). Em 12 de outubro de 2022 também é comemorado o bicentenário da proclamação do primeiro Imperador do Brasil, Dom Pedro I, coroado em 1 de dezembro de 1822.

Saiba mais sobre a Independência do Brasil.

110 anos do naufrágio do Titanic

Em 14 de abril de 1912 às 23h40 ocorreu um dos grandes desastres marítimos do mundo quando o Royal Mail Ship (RMS) Titanic, maior navio do mundo na época e conhecido como o “infundável”, colidiu com um iceberg e naufragou.

A história do luxuoso transatlântico que partiu de Southampton na Inglaterra com 2208 pessoas em direção à Nova York nos Estados Unidos e resultou na morte de 1514 pessoas após 4 dias de viagem se tornou tema de diversas produções artísticas. O filme Titanic (1997) é um dos mais premiados da história do cinema com 11 estatuetas do Oscar.

100 anos da Semana de Arte Moderna

Entre 13 e 18 de fevereiro de 1922 ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo a Semana de Arte Moderna, uma manifestação artístico-cultural que contou com a participação de renovados artistas, como Mário de Andrade (1893-1945), Oswald de Andrade (1890-1954) e Graça Aranha (1868-1931), além de revelar novos artistas e criações.

O evento foi um importante acontecimento para valorização da cultura brasileira e marco do Modernismo no Brasil. A Semana de 22 foi influenciada pelas vanguardas europeias e reuniu expressões culturais de música, dança, poesia, pintura, escultura e muito mais.

90 anos da Revolução Constitucionalista

Entre 9 de julho e 2 de outubro de 1932 aconteceu a Revolução Constitucionalista, um importante evento da história do Brasil ocorrido no estado de São Paulo e que tinha como principal motivação a oposição ao Governo de Getúlio Vargas.

O movimento armado reivindicava novas eleições e a promulgação de uma nova Constituição para retirar o poder exercido pelo Governo Provisório na época. Apesar dos paulistanos terem sido derrotados no confronto com as tropas, o levante fortaleceu a insatisfação popular. Em 1933 foram convocadas eleições e em 1934 foi instituída  a segunda Constituição da república brasileira.

Saiba mais sobre o Dia da Revolução Constitucionalista.

80 anos de Stephen Hawking

Em 8 de janeiro de 1942 nasceu Stephen William Hawking (1942-2018) em Oxford, Inglaterra. Em 2022, comemora-se 80 anos do nascimento de um dos maiores cientistas de todos os tempos e que deixou um importante legado para ciência.

Os estudos sobre os buracos negros e o cosmo, além do desenvolvimento de complexas teorias, fazem parte das maiores contribuições pelo astrofísico inglês para a física moderna. Ele conviveu com a doença degenerativa ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) desde que foi diagnosticado quando tinha 21 anos. O dono de uma das mais brilhantes mentes dos séculos XX e XXI faleceu em 2018 aos 76 anos. 

80 anos da instituição do Cruzeiro como moeda do Brasil

Em 5 de outubro de 1942, através do decreto-lei nº 4.791, o Cruzeiro se tornou a unidade monetária do país. Na época, o valor de 1 cruzeiro correspondia a mil réis, popularmente chamado de um conto de reis, ou seja, 1.000,00 réis = Cr$ 1,00. Além disso, com a moeda passou-se a utilizar os centavos no Brasil, que correspondiam a centésima parte do Cruzeiro.

O Brasil já teve 9 moedas em circulação, na seguinte ordem: Réis (Rs) e ($), Cruzeiro  (Cr$), Cruzeiro Novo (NCr$), Cruzeiro (Cr$), Cruzado(Cz$), Cruzado Novo (NCz$), Cruzeiro (Cr$), Cruzeiro Real (CR$) e Real (R$).

70 anos da 1ª detonação da bomba de hidrogênio

Em 1 de novembro de 1952 foi testada a primeira bomba de hidrogênio, sob o código Ivy Mike e que foi detonada no atol de Eniwetok. Estima-se que este tipo de armamento tenha poder de destruição 700 vezes maior que a bomba atômica utilizada sobre Hiroshima e Nagasaki na Segunda Guerra Mundial.

A bomba de hidrogênio é a arma nuclear mais poderosa criada e utiliza a fusão de núcleos atômicos de isótopos do elemento hidrogênio que ao se unirem liberam grande quantidade de energia. A reação não controlada da arma bélica é a mesma que ocorre no interior do Sol.

60 anos da Crise dos Mísseis

Entre 16 e 28 de outubro de 1962 ocorreu um incidente diplomático entre os Estados Unidos e a União Soviética motivado pela instalação de mísseis em solo cubano no período que ocorria a Guerra Fria no mundo.

Sob o comando de Fidel Castro, Cuba passou a receber embarcações com bandeira soviética transportando o que parecia ser armamento nuclear. Isto causou uma forte disputa e tensão, já que os Estados Unidos não admitiam ter tão próximo a sua região bases de lançamento de mísseis.

50 anos do atentado nas Olimpíadas de Munique

Em 5 de setembro de 1972 às 4h30, durante a realização das Olimpíadas de Munique, ocorreu o maior atentado terrorista em um evento esportivo. A invasão da vila olímpica realizada por oito terroristas palestinos resultou na morte de onze atletas judeus.

Reivindicando a liberação de 234 palestinos presos, o grupo se identificou como participante da organização Setembro Negro e fez nove reféns da delegação israelense após assassinarem duas pessoas no local. Com as negociações, os terroristas solicitaram aviões para fugir e uma emboscada foi traçada por agentes alemãs disfarçados, mas o desfecho foi trágico e uma granada foi arremessada contra os reféns ocasionando a morte de todos.

50 anos da Conferência de Estocolmo

Entre 5 e 16 de junho de 1972 ocorreu a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano organizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) com representantes de 113 países na capital da Suécia.

O objetivo do encontro era discutir sobre os problemas ambientais, conscientizar a sociedade e abrir caminho para cooperação entre as nações sobre o tema. Um dos resultados do encontro foi a criação do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

40 anos da Guerra das Malvinas

Entre 2 de abril e 14 de junho de 1982 ocorreu um conflito entre Reino Unido e Argentina chamado de Guerra das Malvinas pela posse das ilhas Malvinas localizadas a cerca de 500 km da costa argentina.

O arquipélago pertencia aos ingleses desde o século XIX, mas a ditadura argentina, sob comando do general Leopoldo Galtieri, ordenou a ocupação do território em 1982. A operação Rosário foi o nome dado ao ataque para recuperar as ilhas. Como resposta, a Coroa Britânica enviou 27 mil soldados e 111 navios de guerra. Após diversas tentativas de acordo, os ingleses recuperaram o arquipélago e chegou ao fim o conflito.

30 anos da ECO-92

Entre 3 e 14 de junho de 1992 realizou-se a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento a fim de debater os crescentes problemas ambientais e políticas de desenvolvimento sustentável.

Representantes de 176 nações participaram do evento, que ocorreu na cidade do Rio de Janeiro e por isso também a conferência é conhecida como RIO-92. Um dos desdobramentos do encontro foi a assinatura da Agenda 21, um plano com metas para o desenvolvimento sustentável e solução aos problemas socioambientais.

30 anos do impeachment de Fernando Collor

Em 30 de dezembro de 1992 aconteceu a votação no Senado do terceiro impeachment da história brasileira, afastando Fernando Collor de Mello das funções presidenciais e tornando-o inelegível por 8 anos. Os principais problemas de seu governo foram a aplicação de medidas econômicas radicais, como o confisco de poupanças para controlar a inflação, e acusação de ações fraudulentas com desvio de dinheiro.

Collor foi o primeiro presidente eleito por eleições diretas e por 76 votos a favor do impeachment e 2 contra, mais um senador que não compareceu, perdeu o mandato. As sanções ao até então presidente foram publicadas na Resolução nº 101, de 31 de dezembro de 1992.

30 anos do massacre do Carandiru

Em 2 de outubro de 1992 ocorreu uma intervenção militar na casa de detenção Carandiru, em São Paulo, que resultou em 111 mortes. O início do tumulto aconteceu no Pavilhão 9 com uma briga entre detentos.

Cerca de 28 policiais militares foram acusados de participarem da ação, mas até então nenhum dos agentes foi responsabilizado. Existem diferentes versões sobre o ocorrido e as controvérsias na narração dos fatos dificultaram o processo.

20 anos do atual Código Civil brasileiro

Em 10 de janeiro de 2002 foi sancionada a Lei 10.406 que institui o atual Código Civil brasileiro, uma das principais leis do ordenamento jurídico do país. Este documento regulamenta normas e deveres dos indivíduos em relações jurídicas e privadas tendo como base a Constituição.

O documento apresenta 2046 artigos que tratam de assuntos relacionados com pessoas, bens, fatos jurídicos e direito de empresa, coisas, família e sucessões. O primeiro Código Civil (lei nº 3.071/1916) foi adotado no Brasil em 1916 e utilizado por 86 anos.

20 anos do euro como moeda da União Europeia

Em 1 de janeiro de 2002 iniciou-se a maior transação monetária do planeta, pois uma moeda única na União Europeia, o euro (€), entrou em circulação. O símbolo escolhido para representá-lo é inspirado na letra grega épsilon (ε), por lembrar o E de Europa e Euro, e as duas linhas paralelas sugerem estabilidade e equilíbrio.

No primeiro ano da transição 12 países da União Europeia aderiram ao euro. Hoje, 19 de 27 países da UE integram a área do euro. A moeda única é utilizada por: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos e Portugal.

20 anos do Tribunal Penal Internacional

Em 1 de julho de 2002 iniciaram oficialmente as atividades do Tribunal Penal Internacional (TPI) com sede em Haia, nos Países Baixos, conforme o Estatuto de Roma. Este órgão também é conhecido como Tribunal de Haia.

A decisão de criar uma corte permanente e independente que, entre outras atribuições, é responsável por julgar crimes de guerra, crimes contra a humanidade e genocídios foi tomada em conferência realizada em 1998 em Roma e contou com o apoio de 123 nações.

20 anos do pentacampeonato brasileiro na Copa do Mundo

Em 30 de junho de 2002 a seleção brasileira de futebol masculino se tornou pentacampeã mundial na Copa do Mundo FIFA realizada em Yokohama (Japão) ao vencer a Alemanha por 2 a 0, sendo ambos os gols do jogador Ronaldo Nazário.

Embora esta tenha sido a última vez que o Brasil ganhou a competição, nenhuma outra seleção conseguiu atingir este número de títulos em copa do mundo e a seleção brasileira segue como maior campeã da história da competição com vitórias em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.

20 anos de lançamento da cédula de 20 reais

Em 27 de junho de 2002 o Banco Central do Brasil lançou a cédula de 20 reais. Antes da criação da cédula de R$ 200, em 2020, essa foi a última vez que o país teve uma nova nota colocada em circulação.

Embora seu valor monetário seja menor que as notas de 50 e 100, os custos para fabricação da cédula de 20 reais a fazem ser uma das que apresenta a mais cara produção, atrás apenas da fabricação das notas de 200.

20 anos da 1ª eleição para presidente de Luiz Inácio Lula da Silva

Em 27 de outubro de 2002 Luiz Inácio Lula da Silva venceu José Serra (PSDB) no segundo turno e foi eleito para seu primeiro mandato como presidente do Brasil. Ligado ao Partido dos Trabalhadores (PT), ele esteve no poder de 2003 a 2011 e foi o primeiro presidente de esquerda a governar o país.

Durante sua trajetória, Lula sempre esteve ligado aos movimentos sindicalistas. Em 1986 foi eleito deputado federal, mais votado do país, pelo estado de São Paulo e concorreu a presidência nas eleições de 1989, 1994 e 1998 até que em 2002 foi eleito com mais de 50 milhões de votos, ou seja, 61,27% dos votos válidos.  

10 anos da RIO+20

Entre 13 e 22 de junho de 2012 após 20 anos da segunda Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, conhecida como ECO-92 ou RIO-92, ocorreu a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (CNUDS), popularmente chamada de RIO+20, para discutir questões ambientais e renovar os compromissos firmados anteriormente. O evento contou com a participação de 180 países.