O Google, o buscador mais popular da Internet, completa 20 anos neste 27 de setembro de 2018.

Nestas duas décadas, seu crescimento foi tão vertiginoso que muitos pensam que o Google é sinônimo da própria Internet.

Esta confusão é perfeitamente compreensível, pois os números falam por si mesmos: o Google processa um bilhão de requerimentos diários, é o site mais visitado do mundo, e no Brasil, o líder incontestável, responsável por mais de 90% das buscas realizadas pelos brasileiros na Internet.

A empresa expandiu seus serviços para além do buscador, através da compra de marcas que realizavam aplicações demandadas pelos usuários. Assim, o Google agora se transformou na Alphabet Inc., na qual estão reunidos produtos como Gmail, Google Maps, Google Earth, Google Notícias, Google Play, Google Livros, o próprio Google, entre outros.

Larry Page e Sergey Brin
Larry Page e Sergey Brin, criadores do Google

História do Google

A história do Googlecomeça quando dois estudantes de pós-graduação em engenharia da computação se encontram na Universidade de Stanford. Larry Page e Sergey Brin começaram a desenvolver um motor de busca para o universo www como um projeto universitário.

O programa chamava-se "BackRub", mas foi rebatizado um ano mais tarde como Google. Esta era a forma como uma criança pronunciou o conceito matemático de gúgol. Convém explicar que um gúgol” representa o número 1 seguido de 100 zeros, ou seja, um número enorme, mas não infinito.

O sistema estreou em 27 de setembro de 1998 e, por isso, este dia é considerado como o aniversário da empresa. É preciso lembrar que havia outros motores de busca nesta época como o AltaVista, Terra e o Yahoo!. No Brasil, existia o “Cadê?”, mas todos foram absorvidos ou faliram diante do crescimento do gigante americano.

Aliás, o Google se popularizou quando passou a ser a página de busca oferecida aos usuários do Yahoo!.

Igualmente, a empresa soube prever e apostar nos celulares como o meio onde as pessoas teriam acesso à informação, em detrimentos dos computadores. Por isso, lança seu próprio celular, a partir do sistema operativo da empresa Android, cujo investidor principal era, justamente, o Google.

Processos Judiciais

Embora seja uma das marcas mais valorizadas do planeta e ter feito milionários os seus fundadores, o Google enfrentou uma série de processos judiciais por conta de direitos autorais, invasão de privacidade e concorrência desleal.

A mais célebre foi a multa de 4.340 bilhões de euros imposta pela Comissão Europeia em 18 de julho de 2018 por favorecer o Google nos celulares de sistema Android.

Curiosidades

  • O Google é tão popular que já virou verbo em vários idiomas, inclusive no Brasil: googlar significa "procurar algo na Internet".
  • Uma das ferramentas do Google que não decolou é sua rede social Google+. Apesar de várias tentativas de modernizar o site, poucos usuários se animaram a fazer um perfil ali. 
  • A extinta rede social Orkut, que fez grande sucesso no Brasil, foi desenvolvida no Google.