Solstício e equinócios são fenômenos astronômicos que estão relacionados com o início de cada uma das 4 estações do ano. 

Há 2 solstícios, o solstício de verão e o solstício de inverno. E há 2 equinócios, o equinócio de primavera e o equinócio de outono.

Tanto os solstícios como os equinócios acontecem em consequência do eixo de rotação da Terra e do movimento que ela faz em torno do Sol, que é chamado de translação e dura cerca de 365 dias, ou seja, 1 ano.

À medida que a Terra vai girando - como o seu eixo é inclinado - uma parte do hemisfério recebe mais calor do Sol do que o outro hemisfério.

Solstício e equinócio
Representação do movimento de translação

Quando o eixo da Terra atinge a sua inclinação máxima, ou seja, quando um dos hemisférios está mais direcionado para o Sol, essa parte recebe mais calor. É quando acontece o solstício de verão - o primeiro dia da estação mais quente do ano. 

Por sua vez, a parte que recebe menos calor está mais afastada do Sol. É quando acontece o solstício do inverno - o primeiro dia da estação mais fria do ano. 

No dia em que o hemisfério sul e o hemisfério norte recebem a mais quantidade de luz do sol, acontecem os equinócios. Por esse motivo, no dia do equinócio o dia e a noite têm quase a mesma duração.

Vem daí o significado da palavra equinócio, que é “noite igual ao dia”. Ela surge da junção de duas palavras do latim equi, que significa “igual”, e nocio, que significa “noite”.

Depois do dia em que acontece o equinócio de outono, os dias vão diminuindo e as noites vão aumentando, até chegar ao dia em que acontece o solstício de inverno, que é a noite mais longa do ano, e assim sucessivamente:

  • equinócio de outono dia e noite iguais. Depois dessa data, as noites começam a aumentar dia após dia;
  • solstício de inverno noite maior do que o dia. Depois dessa data, o dia começa a aumentar dia após dia até ficarem com a mesma duração;
  • equinócio de primavera dia e noite iguais. Depois dessa data, o dia começa a aumentar dia após dia;
  • solstício de verão dia maior do que a noite. Depois dessa data, a noite começa a aumentar dia após dia até ficarem com a mesma duração.

Datas dos solstícios e equinócios no Brasil

Equinócio de outono Solstício de inverno Equinócio de primavera Solstício de verão
2021 20 de março às 06h38 21 de junho às 00h32 22 de setembro às 16h21 21 de dezembro às 12h59
2022 20 de março às 12h33 21 de junho às 0h14 22 de setembro às 22h04 21 de dezembro às 18h48
2023 20 de março às 18h25 21 de junho às 11h58 23 de setembro às 03h50 22 de dezembro às 00h27

As datas dos solstícios e equinócios não são fixas. No Brasil, que está localizado no hemisfério sul, o calendário é o seguinte:

  • equinócio de outono - pode acontecer no dia 20 ou 21 de março;
  • solstício de inverno - pode acontecer no dia 20 ou 21 de junho;
  • equinócio de primavera - pode acontecer no dia 22 ou 23 de setembro;
  • solstício de verão - pode acontecer no dia 21 ou 22 de dezembro.

Quando no hemisfério sul acontece o solstício de verão, no hemisfério norte também acontece o solstício, mas o solstício de inverno.

Assim, quando no hemisfério sul acontece o equinócio de outono, no hemisfério norte acontece o equinócio de primavera.

Diferença entre solstício e equinócio

O solstício e o equinócio são fenômenos astronômicos que dão início às estações do ano. 

Enquanto o solstício acontece em junho e em dezembro, dando início ao inverno e ao verão, respectivamente, o equinócio acontece em março e em setembro, dando início ao outono e à primavera.

Isso acontece porque no solstício de verão, o eixo da Terra está virado para o Sol, por isso, está mais quente, e começa o verão. No solstício de inverno, o eixo da Terra está mais afastado do Sol do que em qualquer outro dia do ano, por isso, está mais frio, e começa o inverno.

Nos equinócios, o Sol está virado para a linha do equador, que é a linha imaginária que divide a Terra em hemisfério norte e hemisfério sul. Por esse motivo, os dois hemisférios recebem a mesma proporção de luz do sol. No equinócio de primavera começa a primavera, e no equinócio de outono começa o outono.

Leia também: Estações do ano no Brasil