Setembro Amarelo é o mês (de 1 a 30 de setembro) dedicado à prevenção do suicídio. Trata-se de uma campanha, que teve início no Brasil em 2015, e que visa conscientizar as pessoas sobre o suicídio, bem como evitar o seu acontecimento.

É nesse mês que no dia 10 se comemora o dia mundial de prevenção do suicídio.

Ao mesmo tempo em que há muita discussão sobre o tema e que são organizadas caminhadas, durante esse mês alguns locais são decorados com a cor amarela. Assim, já foram iluminados de amarelo o Cristo Redentor, o Congresso Nacional , a Catedral e o Paço Municipal de Fortaleza, entre outros.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 32 pessoas se suicidam por dia no Brasil, o que significa que o suicídio mata mais brasileiros do que doenças como a AIDS e o câncer.

O assunto é envolto em tabus, por isso, a organização da campanha acredita que falar sobre o mesmo é uma forma de entender quem passa por situações que levem a ideias suicidas, podendo ser ajudadas a partir do momento em que as mesmas são identificadas.

As situações que levam a esse fim podem surgir de quadros de depressão, bem como do consumo de drogas.

É por isso que “Falar é a melhor solução” é o slogan da campanha, cujos envolvidos na sua organização acreditam que conscientizando as pessoas podem prevenir 9 em cada 10 situações de atos suicidas.

Faixa amarela

À semelhança de outras campanhas (Outubro rosa e Novembro azul) que utilizam faixas nas cores que as identificam, o símbolo do setembro amarelo é o laço amarelo.

Frases

“Não desista, vá em frente, sempre há uma chance de você tropeçar em algo maravilhoso.” (Charles F. Kettering)

“Enfrente a vida e não desista dela, a vida não pode parar, sempre haverá um sonho para se realizar.” (Amanda Moreira da Silva Dias)

“Não desista do amor, não desista de amar, não se entregue à dor, porque ela um dia vai passar…” (Padre Fábio de Melo)