A sexta-feira 13 é conhecida como um dia de má sorte e tem origens muito antigas, que podem ser explicadas através da história e da mitologia.

Há pessoas que ficam com medo em toda sexta 13. Elas imaginam que algo ruim pode acontecer e, por isso, preferem se resguardar e evita cruzar com gatos pretos, quebrar espelhos, passar por debaixo de escadas e outras crendices que "dão azar".

Existem diversas histórias que podem justificar o porquê da sexta-feira treze ser tão temida. Vejamos quais são eles:

Perseguição e morte de Jesus

Segundo consta, Jesus teria se encontrado com os 12 apóstolos em uma quinta-feira para uma ceia, num total de 13 pessoas. Uma dessas pessoas era Judas Iscariotes, o traidor de Cristo, porque o entregou aos soldados. Ele é considerado o 13.º.

O dia que se seguiu, quando ocorreu a perseguição e crucificação de Jesus, teria sido uma sexta-feira. Hoje, a data é conhecida como Sexta-feira Santa.

Há ainda outros fatos associados à cultura cristã, que associam o 13 e a sexta-feira como um dia de má sorte:

13 é a "marca da besta": o número 13 é indicado como a "marca da besta" no Livro do Apocalipse. É também visto como um número "imperfeito", se comparado ao número 12, que aparece em referências bíblicas (12 apóstolos e as 12 tribos de Israel, por exemplo).

O dia em Adão comeu o fruto proibido: Adão e Eva teriam comido a maçã proibida, o fruto do conhecimento, em uma sexta-feira.

O dia em Caim matou Abel: foi numa sexta-feira que Caim teria matado seu irmão Abel.

Você também pode se interessar por: Halloween: conheça as tradições dessa festa assustadora!

Mitologia nórdica

Na cultura nórdica, alguns mitos explicam porque sexta-feira treze é considerado dia do azar.

Morte do deus Balder: Conta-se que certa vez foi organizado um banquete, no qual estiveram presentes 12 deuses, sendo que Loki, o deus da discórdia, não foi convidado.

Mas Loki ficou sabendo do tal jantar e resolveu aparecer sem avisar. Ele teria armado um grande conflito, que ao final acabou com a morte de um dos deuses mais amados, Balder.

Encontros promovidos pela bruxa FriggaFrigga, a deusa do amor e beleza teria sido transformada em bruxa quando o cristianismo dominou a região e converteu os povos nórdicos.

Como uma forma de se vingar, Frigga passou a organizar encontros todas as sextas-feiras com outras 11 bruxas e também com o diabo. Nessas reuniões, as 13 criaturas rogavam pragas à humanidade. Frigga também é responsável pela origem de friday, palavra em inglês que significa sexta-feira.

Você também pode gostar de saber mais sobre o Dia das Bruxas - Halloween.

Eventos históricos ocorridos na Sexta-feira 13

Conheça agora alguns eventos que aconteceram numa sexta 13 e que contribuíram para que a data fosse rejeitada.

13 de outubro de 1307: nesse dia, o rei Felipe IV ordenou a perseguição dos Templários. Tudo aconteceu após o rei ter percebido que a Igreja Católica estava tomando o poder de seu reino. Assim, tentou entrar para o grupo religioso dos Cavaleiros Templários.

Como o grupo não o aceitou, Felipe IV ficou tomado de ira, ordenando a perseguição dos integrantes da ordem religiosa. Muitos templários foram encarcerados e sofreram torturas como as que foram empregadas na Inquisição.

13 de janeiro de 1939: houve um terrível incêndio que matou mais de 70 pessoas na Austrália. É considerado o maior incêndio da história desse país.

13 de dezembro de 1968: o governo militar no Brasil decretou o AI5, ato institucional que retirava direitos do povo brasileiro e permitiu que ocorressem diversas torturas e assassinatos.

13 de outubro de 1972: ocorreu a queda nos Andes do avião que levava a equipe uruguaia de rúgbi. A tragédia deu origem ao livro Sobreviventes: a Tragédia dos Andes, e ao filme Alive (Vivos) de 1993.

Sextas-feiras 13: calendário de 2020 a 2030

A junção do dia 13 com a sexta-feira ocorre sempre que domingo é o primeiro dia do mês.

Confira abaixo quando e quantas sexta-feiras ocorrerão entre 2020 e 2030:

2020 março e novembro
2021 agosto
2022 maio
2023 janeiro e outubro
2024 setembro e dezembro
2025 junho
2026 fevereiro, março e novembro
2027 agosto
2028 outubro
2029 abril e julho
2030 setembro e dezembro

Outras interpretações para o número 13

Apesar de todas essas histórias acerca da sexta-feira e do número 13, em muitas culturas as crenças são bem diferentes.

Na numerologia, por exemplo, o 13 é associado ao número 4 (devido à soma de seus dígitos, 1+3), sendo que esse é um número de sorte e harmonia.

Para os antigos egípcios, o 13 também é relacionado à vida eterna.

No jogo de tarô, esse número é relacionado à morte, através da carta Arcano 13. Entretanto, para culturas antigas, a morte não é necessariamente algo negativo, pois pode ser interpretada como um ponto de virada, uma grande transformação. Portanto, essa carta do tarô também tem a simbologia do renascimento.

Vale lembrar que cada sociedade tem seu folclore, o que torna as crenças dos povos muito diversas. Por isso, temos certeza que vai gostar do nosso artigo sobre o dia do folclore.