Sábado de Aleluia

Próximo 30 de Março de 2024 (Sábado)

O Sábado de Aleluia é celebrado na véspera do Domingo da Páscoa. Nesse dia, não é feriado.

Este sábado significa que Jesus ressuscitará no dia seguinte, na Páscoa. Por esse motivo, na véspera da festa da ressurreição, os cristãos carregam um sentimento de esperança e de alegria.

A partir do sábado de aleluia, os cristãos católicos voltam a dizer a palavra "aleluia", que durante a Quaresma era evitada. A Quaresma representa um tempo de arrependimento e de reflexão, e não um tempo festivo, de forma que a palavra "aleluia" devia ser evitada porque não correspondia ao sentimento vivido naquele período.

O Sábado de Aleluia corresponde ao segundo dia da morte de Jesus Cristo. O primeiro dia é a Sexta-feira Santa, dia em que Jesus morreu depois de ter sido crucificado. O terceiro dia é o Domingo de Páscoa, quando Jesus ressuscitou.

Tradições do Sábado de Aleluia

É durante o Sábado Santo (outro nome atribuído ao Sábado de Aleluia) que os cristãos celebram a Vigília Pascal. Ela simboliza a espera dos fiéis pela ressurreição de Cristo, no Domingo de Páscoa.

Durante a Vigília, é aceso o Círio Pascal, uma vela grande que traz os símbolos das letras gregas Alfa e Ômega, que representam a frase: “Deus é o princípio e o fim de tudo”.

Conforme a tradição católica, o Círio Pascal simboliza a “luz de Cristo”, que ilumina e protege o mundo das trevas.

Há igrejas católicas em que os fiéis fazem vigília durante a madrugada, ficando em constante oração. A Vigília Pascal termina pouco antes do nascer do sol do Domingo de Páscoa, com a celebração de uma missa entre os fiéis presentes.

Malhação de Judas

Durante o Sábado de Aleluia (ou Sábado Santo), é comum a Malhação de Judas ou Queima de Judas, uma festa popular que representa a morte de Judas Iscariotes, o apóstolo que traiu Jesus Cristo.

No Brasil, a Malhação de Judas é feita a partir da confecção de bonecos de pano (ou de outros materiais) com as feições de personalidades que desagradam à população por seus atos incorretos.

Logo a seguir, as pessoas se reúnem para “malhar o Judas”, ou seja, “torturar” o boneco, batendo nele com paus ou o queimando.

Este ato é visto como uma “vingança popular” contra a traição feita por Judas a Jesus Cristo.

Leia também: Domingo de Páscoa

Sábado de Aleluia
Sábado de Aleluia

Sábado de Aleluia nos próximos anos

19 de Abril de 2025 (Sábado)

04 de Abril de 2026 (Sábado)

27 de Março de 2027 (Sábado)

Quantos dias faltam?

Selecione o evento: